GRUPOS DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE DOCUMENTÁRIO

II Semestre 2021

_________

 

segundas 18h30 - 21h | coord. Alice Lanari e Paula Sacchetta

 

processo seletivo aberto até 18.07

inscrições aqui: https://airtable.com/shrTTUT12R2sldEDK

_________

sobre o grupo

Abrimos o processo de seleção para as próximas turmas dos grupos de desenvolvimento de projetos de documentário, que se reunirão por quatro meses a partir da segunda semana de agosto!

 

Escrever é reescrever, já sabemos. No documentário, vale a mesma premissa: precisamos estar permanentemente fazendo e refazendo para nós mesmas as perguntas que nos inquietaram no início. 

 

Por isso, as etapas de desenvolvimento, tão fundamentais neste cinema, serão a base do grupo de documentários do Marieta, um espaço para pensarmos o argumento, as pesquisas de conteúdo e de personagem, as estruturas narrativas, o dispositivo documental, o roteiro, além de um olhar sobre a linguagem, a montagem e a direção. Pois é quando sabemos o que esperamos que podemos, diante do inesperado, transformá-lo em matéria preciosa.

 

A cada sessão um ou mais projetos serão apresentados pelas suas idealizadoras e em seguida debatidos por todos os integrantes, com a oportunidade de conversar de forma aberta e descontraída sobre suas ideias e anseios em um ambiente estimulante e protegido.

Mas, sobretudo, o grupo é um lugar de encontro e de fortalecimento recíproco, onde se reúnem pessoas do Brasil inteiro: um espaço fértil para fomentar parcerias e novos relacionamentos culturais, conectando pessoas e projetos.


 

_______

estrutura

 

Serão selecionadas até 22 pessoas para integrar cada grupo e ao longo de quatro meses, uma vez por semana, por duas horas e meia.

 

O grupo começa na segunda semana de agosto e termina na última de novembro, com uma pausa em setembro.

 

Os encontros acontecerão virtualmente através da plataforma ZOOM uma vez por semana:

 

  • às segundas, das 18h30 às 21h, com coordenação de Alice Lanari e Paula Sacchetta;

 

 

____

quem pode participar

 

São bem-vindas pessoas de todas as idades, de todos os lugares e com todo tipo de formação, engajadas na prática do documentário!

 

 

Sobre a inscrição de coletivos

Temos um número limitado de vagas, pois na busca que haja espaço de fato para o diálogo, cada grupo não ultrapassa 22 participantes e, para tanto, realizaremos um processo seletivo. Caso todos os membros do seu coletivo queiram participar integralmente do grupo, sugerimos que façam uma inscrição por membro. Caso prefiram fazer apenas uma inscrição pelo coletivo todo, apenas uma pessoa poderá participar.

 

_____

como participar

 

As pessoas interessadas em participar deverão realizar uma inscrição online (link abaixo) até o fim do dia 18.07, preenchendo um breve formulário de intenções e contando um pouco sobre suas trajetórias e anseios.

 

Para se inscrever entre no link e preencha todos campos:

https://airtable.com/shrTTUT12R2sldEDK

 

As inscrições servem para quem coordena entender o perfil, os interesses e os objetivos das pessoas que querem fazer parte do grupo, com o fim de garantir um ambiente heterogêneo e estimulante.

 

Daremos retorno para todas as pessoas candidatas até o dia 26.07.

 

O processo seletivo é inteiramente gratuito.

 

O link para pagamento da contribuição será encaminhado apenas para as pessoas selecionadas, para finalizar a inscrição. 

 

Ao fim do quadrimestre será concedido um certificado de participação assinado pela organização do projeto, com detalhamento de carga horária e participantes.

____

contribuições e bolsas

 

Mensalidade

R$ 80,00 


 

O processo seletivo é completamente gratuito. Só será exigido o pagamento após a aprovação da candidatura.

 

O Marieta é um projeto realizado inteiramente de maneira auto-organizada, com recursos próprios e em colaboração. 

 

As receitas recolhidas com as inscrições cobrem os custos de manutenção das ferramentas digitais, o trabalho da coordenação e contribuem para o fortalecimento do projeto.

 

Acreditamos que a valorização da vida cultural da sociedade seja de responsabilidade de todas as pessoas, cada uma contribuindo segundo as suas possibilidades.

 

Reservamos pelo menos 20% das vagas do grupo para bolsistas. Na escolha das candidaturas, daremos prioridade para pessoas negras; indígenas; LGBTQIA+; periféricas; em situação de vulnerabilidade social. 

 

No formulário de inscrição, temos uma seção reservada para quem quiser pleitear uma bolsa.

 

Por razões de controle interno, pedimos que o pagamento do valor das mensalidades seja feito integralmente para todo o quadrimestre no momento da aprovação da candidatura, podendo parcelar o valor em até 4x sem juros. Sendo assim, cobramos no ato de inscrição o valor de R$ 320,00 (R$ 80 x 4 meses), podendo esse valor ser dividido em parcelas mensais.

_______

sobre as coordenadoras

 

Alice Lanari é mestre em Imagem e Som pela UnB. Estreou em 2018 seu primeiro documentário, o longa-metragem América Armada, codirigido com Pedro Asbeg, em sessão hors concours no 51º Festival de Brasília, e desde então circulou em mais de 20 festivais, como o 40º Festival de Havana. É produtora associada de Democracia em Vertigem, original Netflix dirigido por Petra Costa. Seu segundo longa-metragem, Nunca mais serei a mesma, filmado no México, Honduras, Brasil e Argentina está em etapa de pós-produção. É sócia da Tantas, em Brasília, produtora de conteúdo audiovisual focada em narrativas femininas, com ênfase nos processos de desenvolvimento criativo. Já morou no México e na Argentina, e hoje vive no Equador.

 

​Paula Sacchetta trabalha há dez anos como documentarista e é especializada em temas ligados a direitos humanos. Dirigiu Precisamos Falar do Assédio, lançado em 2016 no 49o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, Verdade 12.528, sobre a Comissão Nacional da Verdade, lançado em 2013 na 37a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. 

Co-dirigiu, em 2017, a série documental Famílias, sobre jovens LGBT na periferia de São Paulo e em 2018, dirigiu a série documental para o Canal Curta!, Eu, Preso. Colaborou como documentarista com veículos como Aljazeera, The Guardian e Mov.doc, da UOL, entre outros. No momento está desenvolvendo uma série sobre as raízes da homofobia no Brasil contemplada por um edital de desenvolvimento (PROAC) e dirigindo um episódio de uma série para a GNT.

 

_______

regras para fazer parte do grupo

* Não faltar mais de duas vezes sem justificativa, caso contrário, sua vaga será cedida para a próxima pessoa da lista de espera;

 

* O pagamento da taxa de R$80,00 por mês para manutenção do grupo;

* Assinar o termo de confidencialidade, que garante a tranquilidade para debater livremente sobre os projetos autorais das pessoas.

São reservadas bolsas integrais para isenção do pagamento da taxa de manutenção. Para pleitear a sua bolsa, preencha o formulário e selecione a opção “Quero uma bolsa!”

_______

Dúvidas

contato@projetomarieta.com.br